“Seu livro permite aquilo que só as boas leituras conseguem: transportar o leitor para longe e explorar novas fronteiras, seja da imaginação ou da galáxia” – Blog Diálogos

Um sábio uma vez disse que o universo é um lugar estranho. Mais estranho ainda é o fato de tão poucos se darem conta disso.

A Procura de Vida Inteligente é um livro que fala sobre o universo e as expectativas que temos dele. Escrito para todos aqueles que em algum momento se fascinaram com invasões alienígenas, leis da robótica, ovelhas elétricas, mochileiros intergalácticos, ou cruzadores monumentais.

Se passando em uma realidade de computadores inteligentes e naves espaciais, a história retrata personagens caricatos em uma série de contos independentes. Somados, constroem uma história maior, que de tão grande, não cabe em apenas um universo.

 

 

Sinopse

Sem motivo, explicação ou bom senso do criador, uma mensagem surge diante de todos os seres do universo. O fim dos tempos é anunciado, e não há nada que possa ser feito para impedi-lo. Porém, de uma estranha forma, tudo está ligado a Boris.

Boris não nasceu. Também não foi criado ou educado. Como tantos outros, ele apenas foi produzido e programado. Nada que o incomode em particular, mas está sempre diante do risco da reciclagem. Um risco comum em uma realidade onde a mais antiquada cafeteira é capaz de calcular as interações gravitacionais de um fóton atravessando o Sistema Solar.

De figurante a protagonista, séculos se passam à espera de uma oportunidade. Na busca por liberdade, Boris sequer imagina que já a alcançou a muito tempo, mas optou por uma existência cheia de limites e algum significado.